Publicado em Filmes, Séries e Livros

Livros: Abril de 2016

Terça – 12 de Julho de 2016

Querido Diário,

Eu ia escrever sobre os livros e filmes desse mês no mesmo post, mas decidi separar os posts. Estou com a impressão de que as pessoas preferem ler posts mais curtos e quero dar mais destaque aos livros, futuramente. Esse post é sobre os livros que li em Abril, daqui pro final do ano eu consigo acompanhar os meses certos.

A Improvável Jornada de Harold Fry

Recebi esse livro da TAG e amei a capa, a história, o brinde, tudo. É da escritora Rachel Joyce e eu tava louca pra começar a ler logo, mas entrei em um grupo de leitura coletiva com outros membros da TAG e fizemos a leitura do livro durante um mês, discutindo a respeito dos capítulos lidos nos fins de semana. Foi a primeira vez que participei de uma leitura coletiva e adorei a experiência. Mas sobre o livro: Harold recebe uma carta de uma antiga amiga, que está se despedindo, pois está muito doente. Ele decide então enviar uma carta de volta e caminha até a caixa de correios mais próxima pra enviar mas, ao chegar lá, se convence de que a carta que escreveu não está boa o suficiente e, por isso, decide andar até a próxima caixa enquanto elabora uma carta melhor. O problema (ou a solução) é que ele fica nessa de andar até a próxima caixa até que, já um pouco longe de casa, para pra comer e uma conversa lhe dá um estalo: ao invés de enviar a carta, ele vai levar ela pessoalmente. E vai fazer isso andando, pois só assim a sua amiga não vai morrer. Ela vai viver pra esperar por ele. E é assim que começa a jornada de Harold. Devo admitir que no começo do livro (depois da empolgação inicial) eu fiquei com preguiça da jornada dele, pois ele tinha “só” que atravessar a Inglaterra inteira. Mas me empolguei de novo da metade pro final. Adoro livros onde os protagonistas encontram pessoas diferentes, é legal ver essa relação com desconhecidos. O livro é uma jornada pelo autoconhecimento e muitas coisas sobre o passado de Harold são reveladas durante o caminho.

O brinde desse mês foi esse chaveirinho de sapato (igual ao usado pelo personagem principal)
O brinde desse mês foi esse chaveirinho de sapato (igual ao usado pelo personagem principal)

O Homem que Corrompeu Hadleyburg

Li esse livro quando comecei a participar de um grupo de leitura da faculdade. Ele é uma novela do Mark Twain e eu adorei. Hadleyburg é uma cidadezinha onde seus habitantes de gabam por serem 100% honestos. Mas um forasteiro sente que foi ofendido por alguém de lá e decide se vingar. Da cidade inteira. E aí você tem que ler pra ver como ele tenta (ou faz) isso. Achei o livro muito interessante, é legal ver como as pessoas reagem quando se dão de cara com certas situações. Muitas vezes você acaba agindo de uma forma diferente do que achava. Mostra também o conflito das pessoas que não sabem se fazem o que estão com vontade de fazer ou se fazem o que acham que deveriam fazer naquela situação. O caminho certo nem sempre  é o mais fácil.

E foram só esses os lidos de Abril. Mas teve um mês aí que eu li cinco livros. Quantos livros vocês leem em média, por mês? Preferem posts longos ou mais curtos? Me diz aí nos comentários =)

Anúncios

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s