Publicado em Au Pair², Durante², Segunda Vez: Holanda

FDS #7: Maastricht e Delft

Segunda – 24 de Novembro de 2014

Querido Diário,

Esse fim de semana foi bem legal! Na sexta tive que trabalhar à noite, mas foi bem tranquilo. E o menino foi pra cama praticamente sozinho. Normalmente ele quer que eu fique uns 15 minutos com ele, lendo história, mas dessa vez ele pegou um livro em Dutch pra ler e disse que eu não precisava ficar com ele. Milagre.

No sábado eu tinha combinado de ir pra Maastricht com outra au pair, chamada Débora. Ela postou no grupo do Facebook que estava indo pra lá de carona com a Host Family e queria saber se alguém mais tava a fim de ir pra fazer companhia e andar por lá, topei. No caminho esbarrei com mais duas au pairs, a Mariana e a Gabriela, que também estavam indo pra lá. Uma coincidência muito legal, pois nos juntamos e fomos as quatro passear pela cidade. E mais coisas legais aconteceram nesse dia. Estávamos andando pela rua quando o seguinte aconteceu:

  • Mariana: Me avisem se a virem um McDonalds que quero parar lá pra roubar o wifi.
  • Eu e Gabriela: Acabamos de passar por um..
  • Mulher aleatória na rua: hahahaha ooohhh too late now!

Tipo assim haha a gente tava falando em Português e a mulher respondeu em Inglês!! Provavelmente só entendeu a palavra “McDonalds” e já captou o que aconteceu. Já disse que acho fantástico quando essas coisas acontecem?

Mas então, chegamos na cidade quando tava acabando de rolar uma feirinha bem em frente à estação. Depois disso fomos pra uma livraria que dizem ser uma das mais bonitas do mundo. Ela fica dentro de uma igreja que foi fundada em 1294 e, depois de renovada, abriu as portas como livraria em 2007*.

Depois de lá seguimos pra um parque que a Mariana tinha achado por acaso da outra vez que visitou a cidade. No caminho passamos por uma kermis, mas não paramos lá. E aí outra coisa interessante aconteceu. Enquanto a Gabriela estava tirando uma foto, um senhor se aproximou da gente pra perguntar do que ela tava tirando foto. E daí ele começou a conversar com a gente e se ofereceu pra nos mostrar a cidade. Como ele era um senhor muito simpático (e nos garantiu que não era perigoso haha) a gente topou andar com ele.

O parque onde a gente tava era envolto por uma muralha, e ele nos disse que antigamente a cidade era somente o que estava dentro da muralha, depois que ela foi se expandindo. Falou também que uma das aberturas na muralha foi feita depois, pra facilitar a entrada, pois antes tinha que dar uma volta grande pra entrar na cidade.

Andamos um bocadinho e ele ainda nos mostrou o portão que é o mais antigo do país, chamado de Helpoort (Hell’s Gate)**. Também passamos por umas casas de construção antiga perto de um canal, onde dava pra ver o banheiro “saltando” pra fora da casa (o banheiro era somente um buraco no chão e quando as pessoas faziam suas “necessidades” caía tudo direto na água), nos mostrou um elefante em uma parede (veja foto abaixo) e também um hotel/restaurante (Derlon) que tem, no andar de baixo, resquícios das ruínas romanas***. Após isso nos despedimos e cada um seguiu seu caminho.

Dá pra ver a cabeça do elefante?
Dá pra ver o elefante?

No domingo eu fui pra outra cidade, chamada Delft. Fui me encontrar com minha amiga Aline e uma amiga dela, a Natália (que tá morando lá). Saí da estação de trem de Delft meio perdida, fiquei de me encontrar com elas no centro da cidade, mas eu não sabia pra onde era o centro. Daí avistei uma torre com um relógio, imaginei que seria a igreja, e fui seguindo naquela direção. A torre, as placas e a Aline me ajudaram a me localizar e as encontrei.

Andamos pelo centro da cidade, tendo a Natália como nossa guia. Achei lá bem legal, apesar de bem pequeno também. Vimos os principais pontos em mais ou menos uma hora. Passamos pelas igrejas nova e velha, e também por uma escultura grandona de um coração azul. Depois disso paramos pra comer e fomos embora no fim da tarde.

Dá pra ver que é torta?

Gostei das duas cidades, mas achei Maastricht bem mais bonitinha. E tivemos sorte que não estava muito frio e nem chovendo. Fez até um solzinho no sábado. Lembrando que nos fins de semana eu viajo de trem à vontade, graças ao meu cartão do trem (OV). Se você gostaria de aproveitar mais a Holanda e conhecer outras cidades, acho que vale a pena fazer o seu. Falei sobre isso aqui.

*http://azureazure.com/culture/polare-maastricht-one-of-the-most-beautiful-bookstores-in-the-world

**http://www.360cities.net/image/helpoort-maastricht#0.00,0.00,70.0

***http://en.wikipedia.org/wiki/Romans_in_the_Netherlands

Anúncios

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s