Publicado em Au Pair², Durante², Segunda Vez: Holanda

FDS #4: Almere e Eindhoven (Paintball)

Segunda – 03 de Novembro de 2014

Querido Diário,

Foi só comigo ou Outubro passou voando? Setembro demorou uma eternidade pra passar, mas Outubro foi num piscar de olhos. Talvez tenha sido porque eu viajei, né? E dessa vez não vou enrolar muito pra vir escrever sobre essa viagem, essa semana já vai ter post! Apesar de que ainda estou devendo falar de várias outras anteriores à essa, né.. ops!

Mas então, o post da viagem é só depois, hoje vou falar do fim de semana que começou na sexta dia 31 de Outubro, data conhecida pela celebração do Halloween. E eu, como boa caseira que sou, não saí pra comemorar. Mas amanhã vou voltar pra falar um pouco do que aconteceu relacionado à isso nesse fim de semana aqui na Holanda.

Mas então, minha sexta foi bem morgada em casa, só relaxando, vendo seriados e pesquisando sobre passagens pras próximas férias. No sábado eu tinha confirmado de ir brincar de Paintball. Alguma Au Pair postou algumas semanas atrás em algum dos grupos no Facebook (bem específica eu) que ela estava querendo organizar um grupo pra brincar de Paintball e tava perguntando quem estaria interessada. Eu disse que iria antes de conferir onde seria. O Paintball foi marcado na cidade de Almere, quase duas horas de trem de Eindhoven =O Mas como já tinha dito que ia, não podia fugir e dar calote na menina, pois ela já tinha feito o pagamento pra reservar o horário no local.

Consegui recrutar minha colega Au Pair americana que mora aqui em Eindhoven também e fiquei mais animada pra ir, pelo menos teria companhia pra longa viagem de trem. Nos encontramos com o resto das meninas na estação central de Almere. Eu não conhecia nenhuma delas, e parece que a maioria não se conhecia também. Um viva para o Facebook e novas amizades! Mas então, depois das introduções iniciais (e de eu não decorar o nome de nenhuma delas – eram 7 meninas), pegamos o ônibus para o local do Paintball. Ou melhor, na direção do Paintball, pois após descer do bus ainda tivemos que andar uns 20 minutos até chegar no local. Foi uma caminhada boa pelo menos, acho que passamos por dentro de um parque. Tinha muito verde, muitas árvores, e quase nenhum ser humano ou carro.

Quando já estávamos nos perguntando se a gente tava andando na direção certa achamos o local, que mais parecia um acampamento militar, com todo mundo vestindo umas roupas camufladas e andando pra lá e pra cá com suas armas. Começou a bater o desespero na gente, eu era a única que já tinha brincado de Paintball (só uma vez e nem sei há quantos anos atrás) e tudo parecia tão sério que a gente pensou que ia ser massacrada e sofrer levando tiro de balas de tinta.

Depois de vários papos psicológicos e treinamento para fazer cara de mal e de quem entendia tudo que estava acontecendo, assinamos o papelzinho lá, pegamos nossas roupas, guardamos nossas coisas e fomos receber as primeiras instruções. Tivemos contato com dois instrutores lá e eles foram bem simpáticos e nos explicaram tudo em Inglês. Depois disso fomos pegar nossas máscaras e armas (com 50 balas) e esperar pelo massacre partida.

Lá o negócio era dividido em partidas de 20 minutos, no máximo. Tivemos a sorte de não ficar todas no mesmo grupo, já que ninguém sabia nem pra onde ir. A primeira partida era deathmatch, ou seja, tinha que eliminar todo mundo do outro time pra ganhar. Cada um tinha duas vidas e o campo era bem pequeno. Essa partida ninguém ganhou, e eu desisti faltando um minuto pra acabar pois minhas pernas não aguentavam mais eu agachada escondida com medo de morrer ser baleada.

A segunda partida foi com mais gente e num campo maior. Dessa vez o objetivo era pegar a bandeira que ficava no centro do campo e levar até o campo adversário. Não tenho ideia de que time ganhou. Na terceira partida você tinha que pegar a bandeira do campo adversário e levar pro seu campo pra ganhar, e eu também não tenho ideia de quem ganhou nesse. O campo era tão grande que eu não sabia nem pra que lado tava a bandeira adversária. Acho que preciso de umas aulas de orientação.

Depois da terceira partida a maioria das meninas já estava quase sem balas, ou com nenhuma, e decidimos parar. Mas poderíamos tem comprado mais também, acho que 50 balas era 8 euros. Doei o resto das minhas balas, tiramos umas fotos pra registrar o momento e fomos embora.

E domingo, sabe como é né, foi bem cara de domingo. Só em casa relaxando, curtindo a internet, ouvindo música e tentando sobreviver com o resto de comida. Minha hosta realmente precisa melhorar nisso, fim de semana é tenso comer aqui haha Nossa, escrevi bastante.

Informações: Gladiator Sports – Paintball

Anúncios

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s