Publicado em Antes², Segunda Vez: Holanda

Holanda: O Visto MVV (Parte 2)

Segunda – 03 de Março de 2014

Querido Diário,

Voltei pra falar mais sobre o processo pra tirar o visto MVV de residência temporária pra ser Au Pair na Holanda. Aqui eu contei a primeira parte do processo, aconselho ler antes de continuar lendo esse post.

Então, como disse, tive que ir à Brasília pra fazer o tal do Cadastro Biométrico, mas algumas coisas foram diferentes do que eu comentei anteriormente. Primeiro que não teve nenhuma entrevista, a mulher não me perguntou absolutamente nada. Depois que eu não precisei de algumas coisas que a agência tinha mandado levar (certidão de nascimento, cópia do acordo com família e cópia do passaporte deles). Só precisei mesmo do meu Passaporte (óbvio), do formulário MVV preenchido (minha agência me passou um modelo antigo de formulário, mas lá eles tinham o modelo novo, daí tive que preencher de novo) e das fotos.

Um detalhe sobre as fotos. Ela precisa ser EXATAMENTE nas medidas pedidas, não basta ser só nas dimensões de 3,5 x 4,5. Tem até uma medida certa da distância que deve ficar o queixo no topo da cabeça, e a largura de orelha a orelha. A foto que eu levei não estava sendo aceita pelo sistema (ela é escaneada e tem que caber direitinho nas medidas do computador) e daí eu tive que ir atrás de um local pra tirar novas fotos.

A mulher da Embaixada foi muito legal e me indicou um local lá perto. O problema foi que, quando eu voltei com a foto nova, o sistema ainda não estava aceitando. Ela mediu tudo com a régua e disse que estava dentro dos padrões. Tentou várias vezes e não deu. Por fim, e pra minha alegria, ela disse que ia aceitar mesmo assim e colocar que o sistema não tava funcionando.

Se não fosse pelo problema da foto eu teria saído de lá em uns 30 minutos. Em relação ao cadastro biométrico, só foi pedido duas digitais, as dos indicadores.

Alguns detalhes:

  • Você pode levar o celular pra Embaixada, mas não pode entrar com ele. No portão, logo na entrada, vão ter umas gavetas com chaves pra você deixar suas coisas lá (o celular, principalmente).
  • Não precisei pagar postagem pro Chile, como tinha mencionado anteriormente. Paguei realmente somente o SEDEX de Brasília pra Fortaleza.
  • Tinha agendado meu horário pra 11h45, mas cheguei lá às 10h30 e já pude entrar. Tinha só uma pessoa sendo atendida na minha frente.
  • Só foi preciso duas fotos no dia: uma que fica no formulário MVV e outra pra ser escaneada. Por via das dúvidas eu tinha levado umas 4.

p.s. pra saber sobre os gastos com o processo de Au Pair na Holanda, clique aqui.

Anúncios

Autor:

Viciada em intercâmbio, professora de Inglês, estudante de Letras e dona de uma cachorra chamada Yuki. Uma daquelas que escreve, acumula livros e nunca ganha sorteios.

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s