Publicado em Durante, Primeira Vez: EUA, Viagens

Viagem: Philadelphia (Parte 1)

Quarta – 24 de Fevereiro de 2014

Querido Diário,

Agora o negócio desembestou. Posts pra todos os lados. Mas dessa vez eu vou voltar a falar dos EUA porque fiquei devendo (pra quem, né?) falar sobre umas viagens que eu fiz. E eu tô super-ultra-mega atrasada nisso porque, por exemplo, essa viagem pra Philly foi feita em Fevereiro de 2013!! Só, tipo assim, a mais de um ano atrás..

Então, essa foi uma viagem de fim de semana também e eu consegui uma passagem relativamente barata (confira aqui os meus gastos). Procurei companhia no grupo de Au Pairs no Facebook e a Rudiany apareceu pra ir comigo. Eu saí então de Jacksonville na sexta, dia 15 de Fevereiro e cheguei em Philly no fim da tarde. A Rudiany já tinha chegado e já estava no hostel.

No site do próprio hostel diz como fazer pra chegar lá, e partindo do aeroporto tem um trem que vai até perto. Saindo do aeroporto você não paga ticket, e pra achar o trem eu fui só seguindo as plaquinhas. Foi bem fácil. Difícil depois foi saber pra que lado eu pegava, porque era só uma plataforma, com trens passando em direções contrárias nos dois lados. Mas aí eu saí procurando alguma indicação e descobri pra que lado eu tinha que pegar. Pra garantir, quando o trem chegou desceu o carinha responsável e aí eu perguntei pra ele.

Depois que desci na estação eu andei uns 15min até chegar no hostel. Só que, claro que eu comecei a andar pro lado errado, porque a estação tinha saída pra todos os lados e eu me perdi, obviamente. Eu sempre me perco em algum momento. Depois de andar quase um quarteirão gigante todo, eu senti que tinha alguma coisa errada e voltei pra olhar os nomes das ruas. Enfim segui na direção certa.

AppleHostels

Ficamos no Apple Hostels, que é daquela mesma rede dos Hi Hostels. Em comparação com o de Chicago, ele era bem cara de hostel mesmo. Porque assim, o de Chicago mais parecia um hotel. Ficamos num quarto que cabia 16 pessoas (no caso, só mulheres), mas não foi uma coisa ruim, era até bem quieto no quarto. Tinha banheiro com 4 chuveiros, 4 privadas, 2 pias e secador de cabelo. Perto das camas também tinha tomada e luz individual.

A segurança também era boa. A senha da porta que dava pros quartos era trocada toda noite e a porta do quarto também tinha uma senha. O hostel tem cozinha e uma área pra socializar com tv, computador e acho que tinha sinuca.. não lembro bem.

Mas então, fiz o check in, conheci a Rudiany pessoalmente e saímos pra comer. Achamos um Dunkin Donuts e ficamos por ali mesmo. Depois demos uma voltinha e achamos um shopping chamado The Gallery. Vocês ainda vão ouvir muito eu falando dele.

O clima nesse primeiro dia tava até bom, não tava muito frio nem ventando muito. O hostel fica numa ruazinha meio esquisita, mas a área ao redor tem muita coisa e é movimentada. Ah! Eles não servem café da manhã, mas tem cereal (sem leite) e café à vontade.

E por hoje é só pra não ficar muito longo o post.

Anúncios

Autor:

Sou uma daquelas que escreve, apesar de não me considerar uma escritora. Sou viciada em intercâmbios, professora de Inglês, estudante de Letras e dona da Yuki.

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s